O uso de pisos de madeira teve seu início em decks relacionados à navegação, utilizados em navios e marinas.

O aspecto rústico da madeira ainda é preferência de muitos consumidores, embora os materiais de construção e decoração tenham se sofisticado muito.

Sabe-se que esses pisos precisam estar adequados ao ambiente ideal para não sofrerem degradação,e por isso, o bim.bon separou neste guia os tipos corretos de pisos de madeira para cada ambiente.

Ambiente externo

Em ambientes externos, os pisos de madeira são utilizados em decks de piscinas, jardins e terraços.

Nesse caso, o piso entra em contato com umidade e outros fatores naturais, e, portanto, precisa ser resistente à ação do tempo.

Madeira ecológica (plástica)

A madeira ecológica, também conhecida como madeira plástica, não fende, não sofre ação de fungos e pragas, é resistente à umidade, maresia e ao apodrecimento.

É imune a diversos produtos químicos agressivos, facilitando assim sua limpeza. Não requer nenhum tipo de tratamento especial e não precisa ser envernizada. Além disso, é fabricada com material reciclável.

Madeira de itaúba

Das madeiras naturais, a de itaúba é a mais adequada para locais abertos. Possui alta resistência a organismos como fungos e não sofre degradação em contato com intemperismos.

É ideal para ambientes muito iluminados por ter uma tonalidade crua. Requer manutenção, já que escurece com muita facilidade.

Ambiente interno

Nos ambientes internos, o piso de madeira é muito empregado por trazer um tom de aconchego e sociabilidade ao local, além de sofisticação e conforto.

A iluminação, nesse caso, é fundamental: o contraste com o piso escuro trará destaque ao visual do ambiente.

Piso elevado em madeira

Esse piso é uma inovação na arquitetura: isso porque, por ser um piso de encaixe, instalado sobre armações de metal, torna possível a passagem de fiação por debaixo do assoalho e até mesmo modificá-lo de acordo com o layout do ambiente.

Veja também:  Guia Prático: Ambiente Multifuncional

Podem ser de diversos materiais mas, no caso da madeira, sua instalação restringe-se a ambientes internos, porque sofre grande desgaste se entrar em contato com umidade. É extremamente prático para instalação.

Piso laminado em madeira de Acácia Andorra

O piso laminado é similar ao carpete de madeira, mas com um custo inferior. A instalação é bem simples e é confortável em qualquer temperatura.

O contato direto com água ou sol pode deformar as peças e não é o piso ideal para animais de estimação – dependendo do tratamento recebido, pode ficar escorregadio.

Tacos

É a escolha mais tradicional quando se trata de pisos de madeira. Aceita qualquer decoração e é atemporal. Além de dar um tom acolhedor ao ambiente, é de longa durabilidade e sua limpeza é extremamente simples.

Embora tenha um custo mais alto e seja de instalação pouco prática, se for cuidado com os produtos corretos, não requer manutenção com frequência.