Se você está começando na carreira de arquiteto, pretende abrir um escritório ou mudar o foco dos projetos no qual trabalha, é natural querer saber qual é o melhor software no mercado antes de colocar a mão no bolso e adquirir uma licença – que oferece ao usuário o direito legal de utilizar o programa.

No entanto, é importante ter em mente que não existe o melhor software para Arquitetura – cada um tem funcionalidades diferentes e é mais adequado para determinados tipos de projetos e demandas.

Pensando nisso, o bim.bon preparou um guia com as funções, prós e contras dos principais softwares de Arquitetura, além da opinião de usuários sobre cada um deles. Confira:

AutoCAD

Comercializado pela Autodesk desde 1982, o AutoCAD é bastante prático, compatível, possui interface fácil e boa qualidade gráfica na finalização de desenhos. Pode ser utilizado para projetos de desenho técnico em 2D e também em modelagem 3D. As últimas versões (2014, 2015 e 2016) possuem melhorias na conectividade, comandos de análise de superfícies, biblioteca de materiais e dimensionamento inteligente, além da tecnologia TrustedDWG, que ajuda a garantir a fidelidade dos desenhos – apesar disso, a ferramenta também deixa o processo de desenho mais demorado. É bastante utilizado por grandes empresas e possibilita a automatização de diversos comandos e atividades projetuais.

“Para projetos menores, ainda continuo trabalhando com o AutoCAD+Sketchup.” – Thomaz Yuji Baba

Requisitos mínimos para Windows:

– Sistema Operacional: Windows 7 Home Premium ou superior

– Processador: Intel Pentium 4, AMD Athlon Dual Core ou superior

– 2GB de memória RAM (8GB é o recomendado)

– Placa de vídeo: adaptador de vídeo do Windows para 1024×768 de resolução, com recursos de True Color.

– A licença para o Autocad LT (com suporte apenas para 2D) parte dos R$237,24 mensais. Já a versão completa – com 2D e 3D – sai por R$20.995,61 e possui serviços adicionais de suporte, renderização e acesso remoto a projetos. Você pode comprar a sua aqui.

Revit

Também produzido pela Autodesk, o Revit é baseado na tecnologia BIM, ao contrário do Autocad. Por isso, o trabalho realizado com o Revit é interligado e os elementos são associados a outros componentes e informações –  assim, se o usuário faz uma mudança em uma vista, as outras vistas são atualizadas automaticamente.

“Na minha empresa fazemos projetos de sistemas de ar condicionado. Utilizamos o Revit há 3 anos, e quando se domina a ferramenta, fica extremamente mais eficiente e rápido projetar. Inclusive como auxílio à obra em si, o Revit é excelente!” – Diego da Cunha Perez

O Revit ainda otimiza o tempo de trabalho, pois permite que um mesmo trabalho seja compartilhado e alterado por vários usuários ao mesmo tempo, o que facilita o trabalho em equipe – o programa só não é tão otimizado para o design. Aproveite e entenda melhor aqui o que é a tecnologia BIM.

“A maioria ainda não se atualizou com a plataforma, que de fato é bem mais completa por fornecer dados em 2D e 3D simultaneamente. Além de ter um conceito totalmente diferente do CAD, é possível ter mais clareza e realidade do projeto, partindo do conceito construtivo de fato.” – Thyciane Noleto

“Revit é um ótimo aplicativo, perfeito em todos os quesitos, só deixa a desejar em seu sistema de renderização – caso que não conta muito, pois não é sua principal finalidade.” – Eduardo Miranda

Requisitos mínimos para Windows:

– Sistema Operacional: Windows 7 Home Premium ou superior

– Processador: Single ou Multi-Core Intel Pentium, Xeon ou i-Series ou AMD com tecnologia SSE2.

– 4GB de memória RAM

– Vídeo: resolução de 1280 x 1024 com True Color

O Revit não é compatível para Mac.

O software pode ser adquirido por R$20.853,27 e também conta com conta com outros recursos, como serviços de renderização, análise energética e estrutural – garanta o seu aqui.

Vectorworks

O Vectorworks também trabalha com desenvolvimento de projetos em 2D e 3D, e é distribuído nas versões Fundamentals, Architect, Landmark, Spotlight e Designer. O software é bastante versátil, e permite a modelagem de informações sem que o usuário limite a sua liberdade criativa, sendo indicado para profissionais que trabalham com design, modelagem e renderização.

“Já trabalhei com Vectorworks, gostei bastante da funcionalidade do programa, da interação 2D+3D… Mas acredito que Revit ou Archicad têm mais facilidade em serem utilizados em larga escala. Softwares que trabalham com desenho 2D e modelagem 3D são interessantes pelo desenvolvimento rápido do material, além de facilitar visualizações de volumetrias durante o processo de criação.” – Verônica Menezes

Veja também:  Objetos e Móveis Multifuncionais

Assim como o Revit, ArchiCAD e o SketchUp, o Vectorworks também realiza o levantamento de materiais. O software ainda apresenta recursos para desenho e projeto em 2D em um ambiente 3D simplificado, tornando a apresentação visual de projetos muito mais rápida e simples.

Requisitos mínimos para Windows:

– Sistema operacional: Windows XP, Vista, 7 ou 8

– Processador: Pentium 2GHz ou superior

– 4GB a 8GB de memória RAM

– Vídeo: mínima – 1024×768 | recomendada – 1280×768

Requisitos mínimos para Mac:

– Sistema operacional: OS X 10.7.5 ou superior

– Processador: Pentium 2GHz ou superior

– 4GB a 8GB de memória RAM

– Vídeo: mínima – 1024×768 | recomendada – 1280×768

A licença do Vectorworks Architect 2015 pode ser adquirida por cerca de R$8.900,00 aqui, e também garante atualizações e funcionalidades especiais. Também é possível assinar, como opcional, um serviço de manutenção, que garante atualizações e funcionalidades especiais do software.

Archicad

Produzido pela Graphisoft, o ArchiCAD é ideal para a criação e documentação de projetos de arquitetura e também de design de interiores. O programa é pioneiro na plataforma BIM e no conceito de Virtual Building, e conta com uma interface intuitiva que integra dados de construção, desenho 2D/3D e renderização.

“É bem completo, leve, intuitivo e com excelente qualidade de representação, até mesmo por ser voltado exclusivamente para a Arquitetura. Mas acredito que o maior diferencial dele para os concorrentes seja a liberdade de customização do projeto, não te limitando na concepção em função dos recursos ou por complexidade, sendo bem menos burocrático.” Matheus Rivetti

O software ainda interliga de maneira automática plantas, elevações e perspectivas a um só arquivo, que armazena todas as informações sobre o projeto.

Requisitos mínimos para Windows:

– Sistema operacional: Windows 7, 8 e 8.1

– 4GB de memória RAM (para projetos complexos, o recomendado é 16GB)

– Processador: Dual Core 64 bits

Requisitos mínimos para Mac:

– Sistema operacional: OS X 10.9 ou superior

– 4GB de memória RAM (para projetos complexos, o recomendado é 16GB)

– Processador: Dual Core 64 bits

É possível garantir a versão completa do programa (Archicad 19) aqui por cerca de R$10.000,00.

SketchUp

O SketchUp possui uma interface simples e intuitiva, sendo referência para processos criativos de desenho e apresentação de projetos. O software da Trimble conta com a 3D Warehouse – com milhares de modelos disponíveis para download – e ferramentas que transformam a modelagem em algo mais fácil, quando comparado a softwares semelhantes.

“O Sketchup é excelente, de fácil acesso e aprendizagem, mais voltado para projetos 3D (maquete eletrônica, projetos de interiores e etc).” Luana Lima Borges

O SketchUp é bastante prático e preciso para modelar a maior parte das formas que precisamos no dia-a-dia, mas para criar formas mais complexas é provável que você tenha que baixar alguns plugins em sites como o Armazém de Extensões ou o SketchUcation.

“Como comecei a trabalhar com AutoCAD antes do Sketchup, me perdi um pouco com a praticidade do Sketch e para conseguir desapegar dos comandos do CAD.” Kauana Albrecht
Além disso, o SketchUp também conta com o apoio do Plugin bim.bon, onde é possível baixar modelos, texturas e levantar os quantitativos do projeto de maneira integrada e automática – e é totalmente gratuito. Baixe aqui o plugin.

Requisitos mínimos para Windows:

– Sistema operacional: Windows 7, 8 ou 8.1

– 8GB de memória RAM

– Processador: 2GHz ou superior

– Mouse com botão para scroll

Requisitos mínimos para Mac:

– Sistema operacional: OS X 10.10, 10.9 ou 10.8

– Processador: Intel 2.1 GHz ou superior

– 8GB de memória RAM

– Mouse com botão para scroll
O SketchUp Make 2015 é gratuito e pode ser baixado no site oficial. Já a versão PRO é paga e pode ser adquirida por cerca de R$2.380,00 aqui.

Antes de investir em qualquer um deles, pense no seu foco profissional, nos projetos que você executa ou pretende executar no futuro e na sua familiaridade com esse tipo de tecnologia.

Se você é estudante, professor ou trabalha por conta própria, fique atento: a maioria dos softwares que mostramos aqui possuem versões gratuitas ou a baixo custo para essas categorias.

Você utiliza os softwares acima ou discorda de alguma funcionalidade apresentada? Compartilhe sua opinião nos comentários.

 

Conteúdo evisado com a colaboração de João Gaspar, autor de livros da Probooks sobre o Revit, ArchiCAD, SketchUp e Vectorworks.