O projeto “Casa Tetriz”, de Ingra Arellano, orientada por Germana Rocha, professora da Universidade Federal da Paraíba, ficou em 2° lugar na categoria Estudantes do Prêmio bim.bon Senai 2015 | Arquitetura.
O projeto “Casa Tetriz”, de Ingra Arellano, orientada por Germana Rocha, professora da Universidade Federal da Paraíba, ficou em 2° lugar na categoria Estudantes do Prêmio bim.bon Senai 2015 | Arquitetura.

“A proposta baseia-se em 2 blocos, social e íntimo, e na modelação de 3,30×2,50. Poderia ter simplificado esta modulação para otimizar os componentes de montagem. A linguagem estética da casa é coerente com o sistema de pré-fabricação, conferindo-lhe caráter arrojado.”

  • Lua Nitsche, arquiteta do escritório Nitsche Arquitetos.

Confira o texto dos estudantes a seguir:

O projeto consiste em um modelo de habitação modular, flexível e adaptável à diversos contextos sociais e espaciais. Aliando baixo custo de produção e qualidade arquitetônica.

A Casa Tetriz parte do conceito de intercalar cheios e vazios, de modo que os vazios completem os espaços desencontrados, formando um conjunto único.

Assim, a casa foi pensada de modo a privilegiar uma das fachadas com uma vista/abertura para o ambiente externo, e as outras três fachadas cegas; Com isso, as casas podem ser arranjadas de diversas maneiras quando colocadas em conjunto.

Sobre uma malha de 9,90m x10m com módulos de 3,30m x 2,50m são lançados blocos de dimensões 3,30m x 7,50m, os quais podem ser expandidos e contraídos de acordo com o uso e necessidade do proprietário.

Para a construção da unidade tipo, esses blocos são desencontrados, criando pátios de área permeável. Em seguida, aumenta-se em 1 m a altura de um dos blocos, conferindo-lhe a característica de bloco de entrada, abrigando os cômodos sociais da casa (sala e cozinha). Já no outro bloco, seu pé direito de menor altura garante a intimidade de ambientes como o quarto e o banheiro.

O projeto propõe uma grande flexibilidade e adaptabilidade para a casa, a qual pode ser aumentada da sua unidade tipo (sala, cozinha, quarto e banheiro) tanto no bloco de cômodos sociais (sendo transformado este em um escritório/estúdio, por exemplo) como no bloco íntimo (sendo acrescentado até mais 1 quarto).

Veja também:  Vasos, cachepôs e móveis para montar um cantinho verde em casa

O projeto possui uma modularidade constituída por perfis metálicos tubulares, juntamente com vedação de alvenaria em bloco de concreto celular, o qual pode ser utilizado tanto em seu estado natural como com revestimento. Os perfis metálicos, além de utilizados na estruturação da casa, foram também usados como material para confecção dos brises deslizantes (que receberam coloração em tom avermelhado).

Na proposta apresentada, utilizamos a madeira e o lambrikortein como revestimentos. Tendo o painel de madeira no bloco social e se estendendo para o pátio; e o lambrikortein como revestimento do bloco social.

Não somente flexível e versátil em sua planta, a casa permite a utilização de diversos tipos de revestimento, desde a pintura, utilização de placas cimentícias, cerâmica, madeira e etc.

A casa possui grandes esquadrias de vidro, as quais correm sobre trilhos, todas devidamente protegidas pelos brises propostos. Essas aberturas permitem a entrada da luz e a ventilação cruzada nos cômodos sociais. No banheiro a abertura no teto funciona como mecanismo de entrada zenital da luz, criando um ambiente inusitado e inovador.

A axonometria ao lado nos permite ver a localização dos reservatórios de água, que situam-se logo acima dos armários embutidos do quarto e do banheiro.

Ao lado, segue o orçamento, mostrando o custo total da construção e em seguida o total com o valor dos revestimentos propostos.

*texto dos estudantes

Imagens: divulgação

amvid indústria mineira amvid indústria mineira cebrace e amvid no prêmio bim.bon de arquitetura brasileira 2014. suggar eletrodomésticos
bacia viva Santa Clara indústria mineira icasa indústria mineira
global aço inox mozaik indústria mineira dacapo minasit
projelet precon indústria mineira pórtico construções metálicas artmoldados indústria mineira
móveis brum mesas e cadeiras alva design ateliê cerâmica flavia soares arcelormittal
usiminas indústria mineir jeito mineiro madeiras de demolição politriz
crizanto - móveis com design ferreira ulhoa interpam iluminação tomada.lu
minas gramados