Segundo o IBGE, cerca de 11 milhões de pessoas moram em comunidades periféricas no Brasil. A maioria delas também reside em moradias precárias, que colocam em risco a vida e segurança de famílias inteiras. Para ajudar a mudar essa realidade, a ONG Soluções Urbanas criou o projeto Arquiteto de Família, onde arquitetos e moradores do Morro Vital Brazil, no Rio de Janeiro, se unem para reformar e construir casas dentro da comunidade.

arquiteto de familia bimbon

O processo é feito através de mutirões, empreitadas ou autoconstrução assistida, e as obras são feitas a partir das demandas e possibilidades das famílias. Segundo Mariana Estevão, arquiteta que criou o projeto, os integrantes trabalham de maneira espontânea e prestam assistência gratuita.

“A família nos procura, a gente agenda uma visita, faz uma avaliação, observa se a casa pode ser reformada e construímos junto com a família”

– Mariana, em entrevista ao programa Como Será?, da Rede Globo.

arquiteto de família_bimbon

Além disso, o projeto também realiza análise técnica para identificar os principais problemas da casa, como umidade e problemas estruturais – assim, tudo é realizado com segurança e qualidade para as famílias.

arquiteto de familia bimbon
Obras

Para a realização das obras, que acontecem desde 2008, o projeto oferece microcrédito habitacional, subsídios e a Feira Solidária, onde os moradores coletam embalagens Tetrapak e as trocam por uma moeda social local, podendo adquirir com ela os materiais de construção doados para o projeto e necessários para as reformas. As embalagens são recolhidas, recicladas e transformadas em telhas ecológicas, que retornam como um dos itens vendidos na Feira.

arquiteto de família bimbon

O Arquiteto de Família é um ótimo exemplo de como a Arquitetura pode (e deve) ser utilizada de maneira social a população que vive em áreas de risco e não tem como arcar com projetos com o valor de um projeto. Mais do que casas, a Arquitetura é capaz de transformar a realidade de foi deixado de lado no processo de urbanização.

Veja também:  Guia Prático: Ambiente Multifuncional

Saiba mais sobre o projeto e veja como participar da iniciativa aqui. Você pode contribuir com doações financeiras, materiais de construção e com o seu próprio trabalho.

 

imagens via Soluções Urbanas