Os azulejos marroquinos são utilizados há séculos na arquitetura do norte da África, onde fica o Marrocos. Também chamados de Zellige – que significa pequena pedra polida – estes azulejos cheios de detalhes surgidos no século X são utilizados até hoje como revestimento e adorno em palácios, mesquitas e construções luxuosas.

A confecção desses azulejos é uma arte muito antiga e trabalhosa, transmitida pelos artesãos através das gerações. Como a religião islâmica não permite a representação de seres vivos ou figuras religiosas (para evitar que a imagem seja mais importante do que ela representa) os artistas se dedicaram a criar com peças com formas geométricas variadas.

azulejos marroquinos bimbonTours
Processo de fabricação dos Zelliges

A técnica é baseada em uma série de etapas manuais. Primeiro, é preciso preparar uma massa de argila cinzenta, moldá-la em forma de telhas e então assá-las em fornos a lenha. Depois disso, as telhas são novamente moldadas, recebem uma camada de esmalte, produzido manualmente através de pigmentos naturais, e voltam ao forno para a segunda cozedura.

Azulejo Marroquino bimbonImports from Marrakesh
Azulejo Marroquino

Paralelamente, outras telhas também são produzidas. Mas ao invés de receber a pintura em esmalte, elas são cortadas em pequenos pedaços de formas variadas, que serão utilizados como molde para a confecção final dos azulejos.

azulejo marroquino bimbonCedric Tai
Peças de Zellige

Cada pequeno molde é colocado sobre a telha colorida, e o artesão marca o contorno do desenho várias vezes na peça. A partir daí, a telha é habilmente lascada e dá origem a outros pedaços com a mesma forma do molde inicial. Vale lembrar que o processo é feito manualmente e repetidos centenas de vezes, até que a quantidade necessária de cada tipo e cor de peça esteja pronta.

Veja também:  Materiais que Aquecem
Azulejo Marroquino bimbon
Azulejo Marroquino

Com todos os elementos preparados, os artesãos partem para a montagem final do Zellige. Elas começam a ser dispostas de maneira equilibrada e geométrica dentro de sarrafos (ripas de madeira), criando o padrão final do azulejo. Para unificá-las e criar a peça final, é colocada uma camada de pó de cimento e outra de argila por cima. Depois, é só aguardar a secagem e a obra de arte está pronta.

azulejos marroquinos bimbonGallery Hip
Fonte em azulejos marroquinos

Apesar de ser um trabalho manual, se engana quem pensa que não é preciso estudar para ser um mestres-zellige. Estes profissionais possuem conhecimentos em matemática, geometria, simetria e composição, passando anos em treinamento sobre as regras de confecção dos azulejos.

A arte dos Zelliges é imitada em todo o mundo, através de papeis de parede ou de azulejos tradicionais. Se você se apaixonou por eles, a dica é apostar em ladrilhos hidráulicos no piso e nas paredes de casa, deixando seu ambiente colorido, único e com um toque que remete à riqueza cultural e arquitetônica de Marrocos.

Confira abaixo um vídeo com o processo de fabricação dos azulejos.

Morocco In Motion – L’art du zellige / The art of zellige from Morocco In Motion on Vimeo.