Na fabricação de móveis e na decoração, a madeira industrializada vem substituindo a madeira maciça. Essa troca ocorre pelo preço reduzido que os materiais industrializados possuem e por não impactarem tão negativamente o meio ambiente.

Como são muito os tipos de material derivados da madeira, os seus nomes podem causar confusão na conclusão de uma compra. Dos vários tipos existentes, os mais conhecidos são o compensado de madeira, a placa OSB e o MDF.

Além de possuíram nomes diferentes, cada placa possui propriedades específicas. Isso acontece porque o processo de fabricação de cada uma delas é variado.

Salão de Beleza Clip – caixas feitas em MDF

O MDF recebe esse nome do inglês Medium Denstiy Fiberboard, que em português significa painel de fibras de média densidade.

As tais fibras de madeira são aglutinadas com resinas sintéticas e outros aditivos por meio de pressão e calor. Esse processo deixa sua composição homogênea em toda a superfície e no interior da placa.

Loft Constant Motion – estante em MDF e chão e paredes em OSB

O MDF é geralmente empregado em partes aparentes de móveis, como acabamentos finais. O material possui certa maleabilidade e permite que as peças tenham partes arredondadas e contornos. É possível também que o material seja laqueado e pintado.

Já no OSB, as lascas de madeira são prensadas em camadas perpendiculares e também unidas com resina sob alta pressão e temperatura.

A aparência desse material não é tão uniforme quanto a do MDF e lascas maiores ficam em evidência. Por terem superfície rugosa, o OSB aceita somente aplicação de vernizes e tintas, revestimentos laminados não aderem bem.

Didomestic Home – alçapões em OSB

O compensado de madeira é formado por lâminas de madeira sobrepostas e cruzadas. Como o próprio nome já diz, uma lâmina compensa as tensões no sentido contrário da outra. Isso faz com que a placa se torne mais estável.

Veja também:  Hometeka para time WeWork

Existem dois tipos de compensado: o multilaminado e o sarrafeado. A primeira e mais difundida opção é composta apenas por lâminas sobrepostas e cruzadas. O sarrafeado possui duas lâminas como superfícies e, no interior, um tapete de blocos de madeira.

Parametric Bench – feito em compensado de madeira

A placa de madeira compensada pode receber pinturas e vernizes, mas, se o revestimento for do tipo laminado, corre o risco de apresentar bolhas com o passar do tempo.

Apesar de ser muito resistente e durável, o compensado perdeu espaço por ser mais caro e menos sustentável.

Bien! – revestimentos de compensado

Para limpar móveis e superfícies feitos dessas placas, recomenda-se o uso de um pano macio seco ou umedecido com água e sabão neutro. E cuidado! Assim como a madeira maciça, os produtos industrializados também são vulneráveis à água.

A capa dessa matéria, assim como as outras fotos, é de um projeto já postado no bim.bon. Conheça o restaurante Nando’s, que possui uma bela treliça de compensado no seu teto – clique aqui para ver. 

 

fotos Divulgação