O que é gabião? Aprenda e inspire-se com 12 projetos de arquitetura e construção

Conheça o gabião e descubra suas aplicações na arquitetura e construção

Paredes e muros de gabião são estruturas feitas em aço, parecidas com gaiolas, que se tornam sólidas ao serem preenchidas com pedras. Também chamados de cestões, os gabiões são basicamente recipientes de arame, utilizados na arquitetura e na construção desde o século XIX.

Frequentemente comparados aos murros de arrimo, os gabiões têm surgido como tendência em projetos de arquitetura, de fachadas ao paisagismo.

Por isso o bim.bon reuniu projetos de inspiração e produziu modelos 3D gratuitos do material, que você pode baixar através do plugin bim.bon.

Descubra detalhes sobre a estrutura e utilização dos gabiões a seguir:

Divulgação

Divulgação

A estrutura de um gabião é feita por elementos flexíveis, formando telas com malhas hexagonais, parecidas com as construídas pelas abelhas, com uma torção dupla de ligas de aço.

Quando preenchidos por pedras, os gabiões formam elementos prismáticos ou cilíndricos, dependendo do tipo.

Samsung Museum

Samsung Museum

Há 3 tipos principais de gabiões: caixa, colchão e saco.

O de caixa tem a forma de um paralelepípedo com tampa, com uma série de divisões internas, chamadas de células.

Parecido com o de caixa, o formato de colchão é mais achatado e ganha maiores dimensões, preservando as células. Neste tipo, a maioria das fornecedoras distribui a tampa separadamente.

E por fim, há o formato de saco, que serve para a fundação de estruturas de gabiões em geral, redes para proteção de encostas e para assentamento de leitos de rio e cursos d’água.

Todos tem características permeáveis e consequentemente, efeito drenante, o que ajuda a consolidar o solo, evita a erosão interna e deixa a vegetação crescer, fator importante em projetos de paisagismo.

Atenção: em obras complexas, é preciso um sistema completo de drenagem, que deve complementar os gabiões no projeto executivo.

Veja também:  Francisco Oliveira: poesia da cultura material e imaterial
foto Ken Mccown

foto Ken Mccown

Outro ponto positivo do material é a construção seca, que gera poucos resíduos na obra e forma estruturas monolíticas prontas para o uso.

Os gabiões também tem mínimo impacto ambiental. As telas de aço são recicláveis e as pedras podem ser de rios e fornecedores locais. Recentemente, materiais alternativos e entulho também se tornaram possibilidades de enchimento, desde que não apresentem um baixo ciclo de vida.

Como boa parte da estética de um projeto de gabião depende das pedras escolhidas, é bom conhecer os materiais que garantem a durabilidade do projeto.

As pedras mais recomendadas são: britada (pedras de mão ou rachão) ou rolada. Os fragmentos devem ser maciços, duros e não friáveis, ou seja, não podem fragmentar-se facilmente. E claro, as pedras devem ser maiores que os vãos da tela.

A maioria dos arquitetos e construtores utiliza granito, calcário, basalto, diabásios e seixos, e não é permitida a utilização de moledos, rochas em decomposição, arenito ou capa de pedreiras.

Um exemplo legal de projeto feito com gabiões é a Casa Rex, assinada pelo escritório FGMF Arquitetura.

Você também pode encontrar gabiões Belgo Bekaerte Arames no catálogo do bim.bon.

 

com informações de Fórum da Construção, Google BooksBelgo Bekaert.

Hometeka

loja online, blog e plugin para SketchUp | feito com ♥ em Belo Horizonte | ola@hometeka.com.br

Comentários

  1. augusto cesar

    16/08/2016

    gostaria de conhercer algum arquiteto que já fez uma construçao com gabião

  2. RONEY SANTOS

    10/10/2016

    TENHO EQUIPE ESPECIALIZADA NA EXECUÇÃO DE GABIÃO E COLCHOES RENO COM ANOS EXPERIENCIA VARIAS OBRAS EXECUTADAS EM TODO BRASIL CONTATO:027 998359016

Deixe um comentário

Assine nossa news e ajude quem precisa. De graça.

Ao se cadastrar, você escolhe entre doar, sem custo, 1 dia de capacitação para 
famílias produzirem alimentos ou 1 dia de alfabetização em Pernambuco.

Mudou de ideia? Cancele facilmente (Mas, a gente aposta que você vai adorar)



Logos Hometeka e Ribon