Brises são elementos arquitetônicos capazes de ajudar a controlar a insolação nas construções. O nome, originalmente brise-soleil, vem do francês e pode ser traduzido como “quebra sol”. Elas podem ser feitas nos mais diversos formatos e em diferentes materiais.

São basicamente aquelas estruturas formadas por uma ou mais lâminas, dispostas na fachada de uma construção. No Brasil, os materiais mais comuns são a madeira, o betão e o alumínio, mas podem variar bastante.

As brises podem também ser móveis ou fixas. No caso das móveis, há a possibilidade de deslocamento da estrutura para melhor atender as necessidades instantâneas da construção.

Desde a década de 1930 a brise passou a fazer parte da paisagem construída brasileira. Geralmente utilizadas em construções que precisam de um aproveitamento eficiente da iluminação natural e bloqueio da incidência direta de luz solar.

Por isso, as brises foram e são muito utilizadas em prédios públicos, universidades, colégios, hospitais, shoppings e centros comerciais. Prédios como o Ministério da Educação e Saúde Pública e o Edifício Copan em São Paulo ficaram marcados pelas suas brises.

Não somente na arquitetura modernista do século passado é possível encontrar os brises-soleil. A arquitetura contemporânea tem empregado o material de forma criativa e funcional. Veja os 25 projetos de inspiração ao longo do texto e na nossa galeria.

Como o material controla a entrada de luz solar sem bloquear a passagem de ar, a utilização de brises estes aliada ao uso de produtos sustentáveis. O material ajuda na eficiência energética das construções evitando gastos com ar condicionado, por exemplo.

Para posicionar as brises na hora de projetar, saiba algumas dicas: nas fachadas leste e oeste, que geralmente recebem o sol do manhã e o da tarde, prefira brises com lâminas verticais.

Veja também:  Móveis essenciais para o cantinho de estudos dentro de casa

A fachada norte, que provavelmente irá receber sol direto durante todo o dia, use brises horizontais. Já na fachada sul, que geralmente recebe menor incidência de luz natural, as brises não são tão necessárias.

Conheça esse projeto que possui brises vegetais e aprenda a instalar e cuidar desse tipo de elemento – clique aqui para ver. 

fotos Divulgação