Os plafons têm cada vez mais destaque em projetos de arquitetura e interiores. Instalados diretamente no teto, eles oferecem diferentes intensidades de iluminação e estão disponíveis no mercado em opções variadas, do clássico ao moderno.

Para você se inspirar, a Hometeka separou 14 ambientes iluminados com plafons. Confira:

Há duas modalidades de plafon: de embutir ou sobrepor. No caso da foto acima, o plafon é do tipo de embutir e nesse caso é importante notar que eles devem ser colocados em forros de gesso, PVC ou madeira. Confira alguns modelos de plafons de embutir disponíveis na Hometeka:

Se você não quer optar por reformas, há diversos outros modelos de sobrepor. O mais importante, como aconselha Roberto Loureiro, da Tecnisa, é observar a instalação e obter informações sobre cada tipo de plafon, já que esses fatores indicam a facilidade ou dificuldade de manutenção.

Também conhecidos pela sua versatilidade, os plafons oferecem iluminação direta ou indireta, determinada por cada tipo de ambiente. Em salas e espaços de convivência recomenda-se a utilização de plafons em pontos centrais, com lâmpadas fortes e duráveis.

Se desejar, o projeto pode ser complementado com iluminação indireta em spots e abajures. Em quartos e ambientes mais íntimos a regra do ponto central também vale, mas recomenda-se que os plafons venham acompanhados de dimmers – dispositivos utilizados para variar a corrente elétrica, ou seja, aumentar e diminuir a intensidade da luz.

Outro ponto positivo do plafon é a iluminação difusa. Isso ocorre quando a luz é irradiada para o teto, e só depois é refletida para o ambiente, dando um toque sutil.

A iluminação fica ainda mais especial com produtos com cristais, que deixam o ambiente mais sofisticado.

Veja também:  Hometeka para time WeWork

 

informações de Blog Tecnisa, Folha de Londrina

imagens via Habitissimo, Light Design, Mulher Uol, Open Buildings, Podchulo, Revista Sua Casa, Studio Gilson Barbosa, The FHD, BomTempo, Construindo Minha Casa Clean