As modas e tendências passam, mas algumas regras de decoração insistem em permanecer, dificultando a liberdade criativa na hora de personalizar um ambiente. Confira 4 regras antigas que você pode abandonar para criar uma decoração mais original para sua casa:

Algo em todas as paredes

Você não precisa preencher cada uma das paredes da casa com algum quadro ou objeto de decoração. Paredes brancas podem parecer sem graça, mas é necessário ter equilíbrio entre paredes com algum tipo de decoração e paredes vazias.

Com objetos em excesso, você pode acabar deixando a sua casa sobrecarregada e ofuscar a beleza e a personalidade de quadros e fotografias que merecem destaque e espaço.

Todos os elementos de um cômodo devem combinar

Combinar sofá, almofadas e cortinas parece familiar para você? Seguindo essa regra antiga, você corre o risco de deixar a sua casa sem vida e monocromática. Ao invés disso, tente fazer com que os elementos se complementem – um aparador azul, por exemplo, fica muito bem ao lado de um conjunto de almofadas amarelas.

O mesmo vale para móveis e pisos de madeira: não é necessário que todos sigam o mesmo tom e sejam apenas escuros ou claros. Arrisque e invista na variedade de cores e até mesmo de estampas.

Todo cômodo precisa de…

Nem toda sala precisa de um sofá se um conjunto de cadeiras ou bancos confortáveis podem funcionar muito bem. Nem todo quarto precisa de uma mesa de cabeceira se o cômodo é pequeno ou se já existe uma bancada. Nem todo ambiente precisa de cortinas, se ele não recebe luz do sol durante o dia ou fica de frente para a casa do vizinho.

Veja também:  Objetos e Móveis Multifuncionais

Os cômodos da sua casa devem ser decorados e mobiliados de maneira funcional e lógica, de acordo com as suas necessidades, orçamento e também tamanho do espaço.

Paleta de cores limitada

Utilizar apenas duas ou três cores para decorar o seu quarto pode ser mais fácil, mas com certeza irá te impedir de fazer uma decoração criativa e que tenha a sua cara. Ao invés disso, tente eleger algumas cores como base de elementos maiores, mas depois seja livre para adicionar objetos, mobílias e até paredes que utilizem cores diferentes.

Abra sua mente e deixe sua casa como você realmente quer que ela seja – a única regra a ser seguida é a de colocar sua personalidade, suas necessidades e seu estilo em primeiro lugar.

 

informações via Apartment Therapy

imagens via Archinter