Copenhagen, cidade em que o número de bicicletas ultrapassa o número de pessoas e cerca de 50% da população pedala para o trabalho, é talvez a cidade no mundo cujo planejamento urbano seja mais voltado ao ciclista.

Com 40.000 ciclistas que cruzam a cidade diariamente, Copenhagem possui as ciclovias mais movimentadas do mundo. A intensidade do fluxo das bikes faz com que apesar dos 320 km de ciclovias e ciclofaixas da cidade, o trânsito de bicicletas seja um problema. 

A solução encontrada pela prefeitura foi a construção de uma ponte apenas para ciclistas, como se fosse uma ciclovia aérea, nomeada Cykelslangen ou Cycle Snake, que deve ajudar a manter o trânsito de bicicletas na cidade correndo suavemente na zona portuária. 

Além da beleza do projeto sinuoso em tom laranja, a previsão é que o ciclista gaste menos de um minuto para cruzar a ciclovia aérea, que tem 2,1 km de vista para o mar. O pedestre também sai ganhando pois deixa de dividir a rua com os ciclistas e tem mais tranquilidade para passear. 

A Cycle Snake faz a volta para casa de bicicleta ser mais divertida e prazerosa. Segundo Colville-Anderson, arquiteto responsável pela obra,  ˜O conceito nem é tão inovador assim. Adaptamos a idéia das pontes e viadutos para carros para as bicicletas, que são o meio de transporte preferido na cidade. Você pode ver a máscara dinamarquesa das pessoas cair e a população sorrir. Até mesmo os arquitetos e urbanistas mais conservadores estão dizendo `Isso é muito legal!`˜

Desenhada pela DISSING+WEITLING e construído pelo grupo de engenharia Ramboll Group, o projeto custou 5,7 milhões de dólares.Mais fotos da Cycle Snake em nossa galeria.

Confira vídeo do projeto:

Clique aqui e conheça projeto da primeira rotatória suspensa do mundo. 

Veja também:  Objetos e Móveis Multifuncionais