Recentemente, a arquiteta e designer nova-iorquina Noor Makkiya criou a série Figures, na qual reuniu figuras humanas desenhadas por grandes nomes da arquitetura mundial.

Ela percebeu que cada arquiteto projeta a si mesmo ao desenhar uma forma humana, representando suas próprias ideologias como referência para entender nossa condição física.

Depois da repercussão da série, que foi notícia no mundo todo, a Hometeka selecionou 10 desenhos para contar um pouco mais sobre o grande nome por trás de cada um deles. Confira agora e tente encontrar as semelhanças entre cada imagem e o trabalho dos arquitetos:

1. Leonardo Da Vinci

Como 10 grandes arquitetos enxergam a figura humana - Hometeka

Cientista, matemático, pintor, escultor, anatomista, arquiteto. Esses e outros tantos títulos consagraram Leonardo Da Vinci como um dos artistas mais completos do Renascimento.

Na arquitetura, ele não chegou a ter projetos construídos, mas seus desenhos arquitetônicos eram altamente detalhados e merecem tanto destaque quanto suas contribuições em outras áreas. Um deles foi A cidade ideal – Da Vinci vivia em Milão, que estava infestada pela peste negra. Assim, visionou uma cidade mais eficiente na qual ele realmente gostaria de viver.

via Viçosa Cidade Aberta

A figura humana desenhada por Da Vinci é O Homem Vitruviano, concebido como o que seria o ser humano perfeito para o artista. A obra se tornou uma das figuras mais reconhecíveis do mundo e diz muito sobre todo o trabalho de Da Vinci, que era extremamente detalhista.

2. Gian Lorenzo Bernini

Como 10 grandes arquitetos enxergam a figura humana - Hometeka

Outro artista que se destacou em diversas áreas, Gian Lorenzo Bernini foi um grande nome do Barroco italiano. É responsável pelo projeto da Igreja de Castel Gandolfo, comuna italiana que abriga a casa de verão do Papa.

via Goiano Viajante, Wikipédia, Acistampa

Bernini sempre teve uma forte relação com a religião católica, o que fica nítido em sua representação humana, na qual o corpo do homem se assemelha às representações de Jesus Cristo. Além disso, a figura foi desenhada junto a uma construção que se parece com um templo e lembra bastante a própria Igreja de Castel Gandolfo.

3. Le Corbusier

Como 10 grandes arquitetos enxergam a figura humana - Hometeka

Além de urbanista, escultor e pintor, Le Corbusier foi um dos arquitetos mais importantes do século XX.

Sua figura humana é uma de suas grandes contribuições para a construção: o Modulor é um sistema de proporções baseado na representação de um indivíduo imaginário, criado a partir da não-conversão de Le Corbusier aos sistemas métricos tradicionais.

via ArchDaily, SENDRArchitechts

O Modulor possui duas versões – a versão azul, de 1,75 m, e a vermelha, de 1,83 m – e foi muito importante nos períodos pós-guerra, em que Le Corbusier criou prédios modulares capazes de abrigar uma grande quantidade de pessoas em um espaço reduzido – as Unidades de Habitação.

4. Mies van de Rohe

Como 10 grandes arquitetos enxergam a figura humana - Hometeka

Outro nome importantíssimo para a arquitetura do século XX, Mies van der Rohe foi professor e diretor da escola Bauhaus e prezava pelo racionalismo em suas obras, preocupando-se com a sofisticação e geometria minunciosas.

Em 1983, o Barcelona City Hall criou a Fundação Mies van der Rohe, fundada para, pelo menos a princípio, revitalizar uma das obras do arquiteto: o German Pavillion.

via MobilyTrip, ArchDaily, Flickriver

Assim, em 1988, a fundação começou a organizar o Prêmio de Arquitetura Contemporânea Mies van der Rohe, um dos mais importantes da arquitetura europeia atualmente. Seu primeiro ganhador foi Alvaro Siza, de quem vamos falar agora.

5. Alvaro Siza

Como 10 grandes arquitetos enxergam a figura humana - Hometeka

O prêmio Mies van der Rohe foi apenas um dos vários – entre eles o Pritzker em 1992 – que o arquiteto português Alvaro Siza ganhou.

Com uma obra ampla e marcada pelo minimalismo e modernismo, o arquiteto e professor começou sua carreira projetando pequenas residências e chegou a assinar complexos de casas, projetos de piscinas naturais e grandes museus.

Veja também:  Objetos e Móveis Multifuncionais

via ArchDaily, Pinterest

A simplicidade e influência do Expressionismo no trabalho de Siza é nítida em sua representação humana, criada a partir de contornos básicos em uma forma plana e curva.

6. Claude Parent

Como 10 grandes arquitetos enxergam a figura humana - Hometeka

Conhecido por suas obras não-perpendiculares, o arquiteto francês Claude Parent projetou igrejas, supermercados e até centrais nucleares, sempre explorando o moderno concreto aparente e a arquitetura oblíqua – até a figura humana que desenhou é inclinada.

via Architizer, EDF Pulse, Mosaia

Parent foi considerado um grande visionário e, segundo Frank Gehry, próximo arquiteto da lista, “não estava preocupado com o que acontecia ao seu redor em práticas normais e não pertencia a grupo algum”.

7. Frank Gehry

Como 10 grandes arquitetos enxergam a figura humana - Hometeka

Assim como sua representação humana, as obras arquietônicas e de design do canadense Frank Gehry têm caráter desconstrutivista.

Com um trabalho marcado pela irreverência, o arquiteto desenvolveu projetos arrojados e cheios de experimentação. Acreditando que a perfeição não existe ou não pode ser alcançada, Gehry sempre buscou explorar as possibilidades e se desprender das regras em seus projetos, o que lhe garantiu renome e prêmios como o Pritzker em 1989.

via Menorca, Airbnb, Pinterest

Sua obra mais famosa é o Museu Guggenheim, localizado em Bilbao, na Espanha, e totalmente revestido em titânio.

8. Norman Foster

Como 10 grandes arquitetos enxergam a figura humana - Hometeka

Um arquiteto britânico que projetou edifícios no mundo todo. Ganhador do Prêmio Pritzker em 1999, Norman Foster ficou conhecido por sua ousadia e consideração com o meio ambiente ao desenvolver projetos sustentáveis em diversos países.

Seu escritótio Foster + Partners representa isso muito bem. A empresa atua há mais de 40 anos com inovação e uma abordagem sustentável em seus trabalhos, e desenvolveu projetos como o Edifício Gherkin, o primeiro arranha-céu ecológico de Londres, comprado recentemente pelo grupo financeiro brasileiro Safra.

via Foster + Partners, LSBF

Com 180 metros de altura, o edifício é revestido por uma cortina de vidro duplo, estruturada por uma malha triangular de aço de alta resistência, que possui micro-perfurações a fim de maximizar a ventilação natural.

9. Renzo Piano

Como 10 grandes arquitetos enxergam a figura humana - Hometeka

Uma palavra que descreve bem o trabalho do arquiteto italiano Renzo Piano é “pluralidade”. Com um trabalho descrito como Arquitetura High Tech, as obras de Piano são marcadas pelo uso da tecnologia, materiais sustentáveis e fusão entre tradição e inovação.

via My London Pics, Urbanest

Alguns projetos são mais futuristas; outros, conservadores. Assim, olhar para apenas uma obra de Renzo Piano não é o bastante para analisar seu trabalho, influenciado por diversas áreas e estilos. Conheça o livro que conta mais sobre a obra do consagrado arquiteto, que conquistou o Prêmio Pritzker de 1998.

10. Leon Krier

Como 10 grandes arquitetos enxergam a figura humana - Hometeka

Um dos representantes do Novo Urbanismo, movimento que procura resgatar padrões tradicionais de desenho urbano, o arquiteto Leon Krier sempre teve uma relação marcante com a cidade.

Possui várias publicações a respeito de sua proposta de reconstrução da “cidade europeia” e projetos muito interessantes, como a Tor Bella Monaca – criada para substituir um complexo de conjuntos habitacionais no subúrbio de Roma – e uma escola em Saint Quentin en Yvelines, na França, que se tornou uma “cidade em miniatura”.

via Skyscraper City, 78actu, Pinterest

Com essa lista, é possível perceber como os detalhes fazem diferença na arquitetura. As tecnologias atuais certamente deixam o trabalho dos arquitetos mais prático e dinâmico, mas os desenhos autorais de figuras humanas podem deixar cada projeto ainda mais único. Essa é uma herança que, quando possível, vale a pena preservar.

E aí, o que você achou da série? Confira todos os desenhos no site e compartilhe sua opinião com a gente nos comentários.

 

informações via Wikipedia, HypeScience, Westwing, The New York Times, UOL Educação, ArchDaily, Arcoweb, Westwing, Coisas da Arquitetura