Seja na cozinha, escritório, no quarto infantil ou na parede de um restaurante, as paredes lousa sempre fazem sucesso. É uma ideia de decoração dinâmica que pode ser personalizada a qualquer momento e dá um toque de criatividade aos ambientes.

E tudo o que você precisa saber sobre a tendência está aqui. A Hometeka reuniu preços, materiais, instruções e fotos para inspirar você a fazer a sua. Confira:

foto: Marco Moreira // Magel Studio para WMcCan

Papel Contact

Esse é o método mais rápido e prático de inserir uma parede lousa no seu projeto. Você precisa apenas de rolos de papel contact, um pano molhado e estilete.

  1. Primeiro, você deve medir a parede e calcular o quanto de papel adesivo será necessário. O ideal é que a cor seja preta e fosca. 10 metros do material custam cerca de R$ 39,90.
  2. Deixe sua parede uniforme e passe um pano úmido antes de aplicar o adesivo.
  3. Comece de cima para baixo, cortando as tiras do contact na altura da parede com sobras de alguns centímetros para o acabamento.
  4. Para evitar bolhas, vá “assentando” o papel com um cartão ou pano úmido.
  5. Corte os excessos com um estilete e não se esqueça das tomadas.
  6. Pronto. Agora você já pode desenhar na sua nova parede lousa. O método é ideal para quem procura decorar de forma não permanente. Para tirar, é só remover o papel adesivo e a limpeza pode ser feita com um pano úmido.

O adesivo também pode ser aplicado em outras superfícies. Recomenda-se a utilização de giz plastificado, para evitar alergias.

Orçamento: R$ 39,90 (10 m de papel contact)  + R$ 2,90 (caixa de giz plastificado) = R$ 42,90.

Pintar as paredes

Essa é uma forma mais definitiva de decoração, mas pode ser mais vantajosa para quem não tem experiência em aplicar papel adesivo e não quer correr o risco de formar bolhas na parede lousa.

Há tintas prontas para a aplicação no mercado, como a  Suvinil Esmalte Verde Escolar ou Coralit Fosco Preto. Compare os preços.

Veja também:  Hometeka Pro por SUB ESTÚDIO

Nesse caso, o importante é que as tintas sejam foscas e apresentem uma tonalidade escura, pois só assim o giz aparece. É importante ressaltar que de forma alguma a tinta fosca pode ser substituída por opções em látex, pva, ou acabamentos com brilho.

Você também pode fazer sua própria mistura com tinta acrílica fosca branca misturada com pó xadrez – um pigmento a base de óxido de ferro utilizado para colorir argamassa, concreto, e no caso, uma parede lousa. Escolha a cor de sua preferência e dilua o pó na tinta aos poucos, para não errar o tom. Faça a mistura para cobrir a parede toda, pois é difícil atingir o mesmo tom duas vezes.

Depois de ter escolhido entre comprar a tinta ou fazer sua própria mistura, você pode seguir com a pintura comum de paredes. Dependendo do acabamento, a parede requer 2 a 3 demãos. A superfície deve estar seca em 72 horas. E é só a partir desse período que você pode começar a soltar sua criatividade na parede lousa.

Orçamento: Esse método não tem um preço definitivo, varia de acordo com a tinta, fabricante, fornecedor e o método que você tenha escolhido. Abaixo, reunimos algumas sugestões (e cotações) de tintas para a sua parede lousa:

Esmalte Verde Escolar, da Suvinil: 3,6 L custam R$ 31,90;

Coralit Fosco Preto, da Coral: 0,2 L custa R$ 16,29 | 0,9 L são orçados por R$ 27,60 | 3,6 L chegam a R$ 77,80.

Pó Xadrez Preto, 250 g, na Leroy Merlin: R$ 07,90

Tinta acrílica branca fosca: 18 L, varia de R$ 199,00 – R$ 259,90 | 3,6 L chegam a custar de R$ 54,60 a R$ 61,90.

Segundo a SINAPI, a mão de obra para pintar uma parede custa R$ 12,46/m2.

A Hometeka tem um post que explica o quanto de tinta você precisa. Confira.

As aplicações são muitas. Inspire-se com mais de 30 imagens na galeria no topo da página e crie a sua parede lousa.