USO Atelier: Experimentações Estéticas com Madeira Multilaminada

capa_uso-atelier_2_3_auto_x1_colored_toned

A USO  configura-se como um atelier de mobiliário que privilegia o desenho autoral conjuntamente as experimentações formais e plásticas. Tendo como materialidade a madeira multilaminada e, como diretriz a preocupação ambiental, propõem-se peças em que há-se um nível elevado de depuração e que a sua grande força, enquanto objeto, é a textura e visualidade composta pela múltiplas lâminas de madeira alocadas em sequência, formando um jogo de distintas cores, tal como uma série de linhas de diferentes tons justapostas.

Quer descobrir mais? Venha conferir na matéria a seguir! Apresentamos histórias inspiradoras por trás dos estúdios de design, quem são seus criadores e também seus processos de concepção ;)

–  O designer Ricardo Theodoro

call-to-action_acesse-a-loja_fundo-branco

A USO nasce, em Candangolândia, no DF, do desejo do designer e artista plástico Ricardo Theodoro de atuar numa seara que possibilitasse uma conexão direta entre a materialidade e a renovação das relações com os objetos cotidianos. Os desenhos derivados desse ensejo, e que originam os mobiliários, transitam entre lógicas utilitaristas e experimentalismos nas formas. As peças, por conseguinte, estão em constante evolução, assim como suas soluções de tectônica.

Cabe salientar que por mais que haja um claro empenho na busca de novas soluções estético-estruturais, não há formalismos e designs herméticos. O foco é a experiência do usuário, a funcionalidade e a simplicidade dos processos de produção. A partir de materiais acessíveis e sustentáveis, estudam-se suas potencialidades e possíveis novas formas de emprego, e criam-se objetos ricos em beleza e ergonomia.

Entre suas peças, que compões o acervo da Hometeka, estão: o Banco Momento, a Poltrona LAM, e o Banco e Cabideiro Boas Vindas. Role para baixo e conheça um pouco mais sobre a marca ;)

 

O Banco Momento é prova de que o estudo de estrutura pode render modelagens belas e sustentáveis. Sua forma deriva não dum formalismo estético, mas sim, dos próprios esforços aplicados ao longo da peça, isto é: em pontos onde há maior solicitação de carga – nos engastes/encontros entre pernas e assento – há mais madeira, onde não há, pode-se subtrair massa. O que se tem como resultado é um banco robusto mas fluido, com curvas parabólicas que trazem todo o seu charme e beleza e que congruem com a otimização da necessidade de matéria-prima.

Veja também:  Concretitus: um olhar delicado aplicado ao concreto

 

teste

– Banco Momento

 

A Poltrona LAM bebe do uso dos mesmo materiais do anterior, porém aqui, utilizados de maneira distinta. Nesta há a busca por explorar a plasticidade das linhas do laminado: o duo de encosto e assento é produzido com a técnica de multilaminação do compensado de paricá, gerando um padrão de linhas contínuas de múltiplos nuances tonais; a estrutura, por sua vez, possui acabamento em lâmina natural de freijó, cujos veios e cor criam um jogo singular de contraste e complementariedade com o elementos em paricá. O conforto dos ângulos e formas, além dos tons de matizes quentes, é como um convite a se sentar e descontrair.

 

teste

– Poltrona LAM

 

Por fim, tem-se uma um design que para além da ousadia plástica, possui forte apelo utilitarista. Multifuncional por excelência, o Banco e Cabideiro Boas Vindas é produzido com a técnica-símbolo da USO, o uso do multilaminado de compensado de paricá. A mesma consiste em “fatiar” o objeto final em diversos planos de madeira, estes, ao serem justapostos, compõem a estrutura e imagem final do produto. Nesta peça, em específico, este método permite a criação dos galhos laterais que configuram o cabideiro, e que trazem a esta, seu caráter único.

 

teste

– Banco e Cabideiro Boas Vindas

 

 

Curtiu? Clique e confira mais detalhes das peças da USO Atelier:

call-to-action_acesse-a-loja_fundo-branco

Guido C.

geminiano. estudante de arquitetura. apaixonado por projeto, patrimônio, design e história da arte. leitor assíduo de realismo fantástico. viciado em café e em cinema | guido@hometeka.com.br

Deixe um comentário