Thiago Silvestrini: Empatia, funcionalidade e simplicidade expressas em técnicas tradicionais

imagem-principal-template

Thiago Silvestrini é diretor de arte, designer e marceneiro, e em seu estúdio, projeta e produz artesanalmente mobiliários, fazendo uso de técnicas tradicionais de trabalho com madeira, criando design modernos e sofisticados, transitando entre o clássico e o contemporâneo.

Quer descobrir mais? Venha conferir na matéria a seguir! Apresentamos histórias inspiradoras por trás dos estúdios de design, quem são seus criadores e também seus processos de concepção ;)

 

–  O designer Thiago Silvestrini

 

call-to-action_acesse-a-loja_fundo-branco

Um novo olhar sobre materiais e técnicas tradicionais! A marcenaria como força de criação, nasce de sua busca por novas formas de expressar seus projetos de design. A madeira maciça, assim, torna-se o corpo sobre o qual o designer pode expor sua criatividade.

Entretanto, não se trata simplesmente do “eu”, do olhar para si próprio. Silvestrini preza muito mais o outro: de forma empática, cria móveis e objetos que gerem ambientes acolhedores, inspiradores e harmônicos, priorizando designs longevos e funcionais, agregando na experiência do estar e na vivência dos usuários finais.

O chamariz de sua coleção está na exploração de elementos familiares à nós brasileiros, seu diálogo com materialidades nossas, e técnicas construtivas manuais. Design afetivo, funcional e belo!

Entre suas peças, que compões o acervo da Hometeka, estão: a Mesa Lina, o Biombo Oscar e a Cadeira CláudiaRole para baixo e conheça um pouco mais sobre a marca ;)

 

A Mesa Lina, produzida em madeira maciça de freijó, mantendo diálogo com a arquitetura brasileira, recebe seu nome em homenagem à grande Lina Bo Bardi – e sua estrutura tri-apoiada rememora o design da Cadeira Girafa, de autoria de Lina. Descontraídas e despretensiosas, sem perder a elegância, estas, por suas variações de alturas e diâmetros, favorecem a experiência humana de conformar novos olhares, novas conjunções.

Veja também:  T44: Design minimalista com um quê industrial

 

teste

– Composição com duas Mesas Lina,  de diâmetros 50cm e 80cm.

 

As curvas de Niemeyer, a ousadia estilística. No Biombo Oscar, solidez e movimento, ideias que por vezes são dicotômicas, se cristalizam e se unificam num objeto ímpar. Um ode ao caráter escultórico e artístico do design, sem abrir mão do utilitarismo. As variações cromáticas das madeiras de freijó, cumaru e imbuia no ripado, ressaltam ainda mais o ideário da ousadia e arrojamento.

 

teste

– Detalhe do Biombo Oscar e suas curvas.

 

Cadeira Cláudia traz à coleção uma nova perspectiva aos modelos tradicionais tupiniquins. O trabalho de marcenaria é impecável, com diversos encaixes e engastes minuciosamente idealizados. Elegantemente, o encosto e o assento repousam sobre a madeira, suas curvas além de caráter estético, agregam ergonomia à experiência do uso. Dialoga-se tanto com peças coetâneas, quanto com clássicas.

 

teste

– Arranjo com duas Cadeiras Cláudia.

 

Curtiu? Clique e confira mais detalhes das peças do Thiago Silvestrini:


call-to-action_acesse-a-loja_fundo-branco

Guido C.

geminiano. estudante de arquitetura. apaixonado por projeto, patrimônio, design e história da arte. leitor assíduo de realismo fantástico. viciado em café e em cinema | guido@hometeka.com.br

Deixe um comentário

Assine nossa news e ajude quem precisa. De graça.

Ao se cadastrar, você escolhe entre doar, sem custo, 1 dia de capacitação para 
famílias produzirem alimentos ou 1 dia de alfabetização em Pernambuco.

Mudou de ideia? Cancele facilmente (Mas, a gente aposta que você vai adorar)

Logos Hometeka e Ribon