Estúdio Plume: experimentações plásticas em concreto

imagem-principal-plume

.

.

.

O Estúdio Plume, ateliê paulista fundado em 2016, é fruto da paixão das arquitetas Camila Botoni e Luciana Yokota pelo concreto – tão presente na tradição da Escola Paulista. A vontade do duo era propor a criação, em menor escala, de elementos que explorassem as múltiplas possibilidades do material, traduzindo de maneira leve e delicada o seu caráter mais bruto.

Quer descobrir mais? Venha conferir na matéria a seguir! Apresentamos histórias inspiradoras por trás dos estúdios de design, quem são seus criadores e também seus processos de concepção ;)

.

–  As arquitetas, e designers, Camilla Botoni e Luciana Yokota.

.

call-to-action_acesse-a-loja_fundo-branco

.

.

Se há um estereótipo de arquiteto que se prova verdadeiro, é o amor ao concreto. As designers-arquitetas do Estúdio Plume, transpõem essa relação para o design de objeto. O brutalismo ganha uma nova roupagem mais sutil e singela, com um olhar voltado a produzir peças funcionais e duradouras que proporcionem mais beleza ao cotidiano.
Há algo de muito belo e afetivo no processo manual de feitura e cura dos vasos e cachepots, que é transmitido para as peças finalizadas. Longe do lugar comum, o concreto ganha um caráter escultórico que grita a personalidade do duo paulista.

Buscando melhor apresentar obras do Estúdio Plume, presentes na Hometeka, propusemos a divisão em três eixos temáticos: a Linha Litos; a Linha Geométrica; e, a Linha Escultórica. Role para baixo e conheça um pouco mais sobre a seleção ;)

 

.

.

Linha Litos 

A Linha Litos nasce da celebração da beleza do concreto natural, expondo suas texturas, veios e nuances de cores. O material não é naturalmente liso e polido, ele possui características próprias que quando estudadas e aproveitadas podem gerar peças ímpares e belas.
O Vaso Solitário possui um formato super ousado, com ares brutalistas. A base em concreto natural mimetiza uma rocha, tal como um mineral em estado bruto. O detalhe em latão, contrastando, coroa a peça, tal como uma joia.
O par Cachepô Lt e Cachepô Lo são arrojado por excelência, seu acabamento desconstruído e fluido evidencia toda a plasticidade e organicidade de sua matéria-prima. Traz aquela bossa para sua décor, com múltiplos tamanhos – e duas cores – cabendo em diversos espaços e ambientes.
O Banco e Mesa de Apoio talvez seja a mais arquitetônica peça da linha: seu formato cilíndrico emula a forma dos tradicionais pilotis, que tanto permeiam as marquises dos edifícios modernistas. Seu acabamento natural rememora estes elementos em seu estado mais puro.

.

teste

– As peças da Linha Litos | o Vaso Solitário, o Cachepô Lo, o Banco e Mesa de Apoio, e o Cachepô Lt.

.

.

.

Linha Geométrica

A seleção que compõe a Linha Geométrica, por sua vez, vem num caminho oposto a Litos: enquanto a primeira emula ao minério bruto – ao natural -, a segunda explora a dilapidação, as formas as quais se pode forçar o concreto a tomar.
O Vaso Solitário, dessa coleção, é como um diamante multifacetado. A partir da justaposição de losangos irregulares, gera-se um volume ímpar, onde cada visual é diferente uma da outra. O latão, agrega o contraste necessário para fazer o objeto brilhar.
O Cachepô Ico e o Vaso Sat nascem dum mesmo partido, mas obtêm resultados distintos. O vaso, com seu jogo de triangulação da forma, se inicia e se encerra em bases hexagonais, o que permite que permaneça estavelmente reto. Já o cachepô, partindo dum pentágono, permite que os triângulos se encontrem e formem um vértice, assim ao invés de um único apoio, possui-se 5 distintos, e as plantas que neles estão, ficam reclinadas permitindo visuais não só quando olhadas por cima, mas de diferentes ângulos também.
O último, e mais vertical, o Vaso Torti, tem todo um charme próprio com sua forte geometria, linhas retas e puras. Ideal para comportar arranjos florais e folhagens. O design minimalista é uma clara referência a este. 

.

teste

– As peças da Linha Geométricos | o Vaso Solitário, o Cachepô Ico, o Vaso Sat, e o Vaso Torti.

.

.

.

Linha Escultórica | Etérea & Basalto

Aqui, tomo uma licença poética e reúno as duas peças mais singulares do acervo do Estúdio Plume, como uma Linha Escultórica. Aqui, o uso do concreto é explorado aos seus limites: o da plástica, e o compositivo.
No Centro de Mesa Etérea, em concreto off white, toda a plasticidade do material é transposto numa única peça, parecendo quase como um tecido que se acomoda sob um corpo. Ondas, curvas, movimento… elegantemente, se suscita a questão: é design ou obra de arte?
O Centro de Mesa Basalto mimetiza uma drusa – aqueles cristais que parecem brotar dum minério bruto. O basalto preto emerge do concreto natural e criam um visual único, nenhuma peça será igual à outra, como na natureza. Tem-se dois modelos: margem e travessia.

Veja também:  USO Atelier: Experimentações Estéticas com Madeira Multilaminada

.

teste

-As peças da Linha Escultórica | o Centro de Mesa Etérea, e o Centro de Mesa Basalto.

.

.

.

.

.

Ficou curioso? Clique e confira mais detalhes das peças do Estúdio Plume ;) 

.

.
call-to-action_acesse-a-loja_fundo-branco

.

.

.

Guido C.

geminiano. estudante de arquitetura. apaixonado por projeto, patrimônio, design e história da arte. leitor assíduo de realismo fantástico. viciado em café e em cinema | guido@hometeka.com.br

Deixe um comentário

Assine nossa news e ajude quem precisa. De graça.

Ao se cadastrar, você escolhe entre doar, sem custo, 1 dia de capacitação para 
famílias produzirem alimentos ou 1 dia de alfabetização em Pernambuco.

Mudou de ideia? Cancele facilmente (Mas, a gente aposta que você vai adorar)



Logos Hometeka e Ribon