Bob Borson é o arquiteto que assina o blog Life of an Architect, e junto com o designer de interiores Matthew Quinn, listou as 7 principais tendências em projetos de cozinhas.

A primeira dica da dupla é contraditória ao post, mas interessante. A ideia é de que as tendências estão durando mais, perdendo o conceito de que irão embora ou serão substituídas com o tempo. A palavra tendência passaria a significar estilos particulares, principalmente em cozinhas e se afasta de conceitos passageiros como “vintage” ou ” futurista”.

Assim, as dicas reunidas aqui são para criar espaços confortáveis, adaptáveis ao seu estilo. Confira também a sugestão de produtos Gaya:

1. Ambientes amplos

As cozinhas estão ficando cada vez maiores e integradas. Não há uma sala formal de jantar, mas espaços gourmet, onde as pessoas interagem, comem e cozinham.

Arquitetonicamente a geometria fica mais limpa, destacando espaços retangulares.

2. Menos paredes, mais janelas

Essa ideia está ligada ao tópico anterior. As plantas das cozinhas são mais abertas e priorizam a ventilação. Os antigos basculantes são substituídos por janelas mais amplas e as divisórias entre ambientes são eliminadas.

Com menos paredes, há menos espaço para móveis planejados, que trocam a função de armazenamento por ganchos, nichos e espaços nas ilhas. Os móveis perdem detalhes decorativos, substituídos por painéis corrediços, principalmente em branco e madeira natural, como nogueira e mogno.

3. Bancadas

Bancadas, ilhas e cozinhas americanas são as características mais procuradas em cozinhas. Feitas em materiais como quartzo e mármore, os profissionais revelam que estão usando menos granito, principalmente os de aspecto mais granulado.

A Hometeka já preparou um masterpost com 41 ideias de inspiração e indicações de materiais para bancadas na cozinha.

Veja também:  Uma seleção de produtos para você montar um home office charmoso e produtivo

4. Azulejos

Enquanto os profissionais ainda questionam o uso de madeira como revestimento na cozinha, surge uma unanimidade – os azulejos, principalmente brancos. O material facilita a limpeza e segue como tendência inspirada nas estações de metrô de Londres.

5. Metais

Aço inoxidável nunca saiu de moda. A qualidade, função e durabilidade são inquestionáveis, e adicionam um toque moderno a sua cozinha em diversos pontos, como na bancada, cubas, coifas e metais.

Um jeito fácil de atualizar seu ambiente é procurar por torneiras e misturadores com um belo design. As opções da Gaya destacam-se pela garantia e compromisso com o meio ambiente. Conheça:

6. Gavetas Integradas

Os ambientes ficam mais simples, mas não menos funcionais. Na intenção de não ‘encher’ o espaço, todos os utensílios são guardados em móveis multipropósito.

7. Iluminação

Para Borson e Quinn, o aspecto mais importante de uma cozinha é a iluminação, que não pode ser resumida em pendentes. Os profissionais recomendam o uso misto de iluminação direta e indireta, considerando que a cozinha ampliou seus limites e pode corresponder a uma sala ou espaço de convivência. Ao longo do ambiente surgem spots e fitas sobre pias e bancadas, acrescentada de lâmpadas – de preferência em LED.

 

imagens Divulgação