Entenda a diferença entre revestimento cerâmico e porcelanato

1

A semelhança entre o porcelanato e o revestimento cerâmico pode deixar a escolha do material um processo cheio de dúvidas. A diferença fundamental entre os dois produtos é o processo de fabricação por qual eles passam.

A cerâmica é um produto mais conhecido dos brasileiros, ela chegou aqui nos tempos de colonização e sempre foi muito utilizada nas nossas construções. A produção dela começou de modo artesanal e até hoje é bem mais simples que a do porcelanato.

O revestimento cerâmico é composto por uma mistura de argila e outros minerais. Esse material passa pelo processo de prensagem ou de extrusão e é queimado a até 1.150 graus Cº. Após essa etapa, as placas são secas e podem receber esmalte, para colorir e decorar.

Já o porcelanato chegou no Brasil bem mais tarde. Até a década de 90 o material era importado e por isso tinha o custo bem mais elevado que os outros tipos de revestimento. Ele é composto pela mistura de porcelana e materiais mais nobres, como o Feldspato.

O processo de fabricação é mais controlado, o que garante maior homogeneidade, resistência e porosidade. Além disso, a placa de porcelanato é mais densa e pode ter aspecto vitrificado.

Vários tipos de porcelanato existem. O técnico (com superfície polida ou natural) tem absorção de água menor ou igual a 0,1%. No tipo esmaltado, esse índice é menor ou igual a 0,5%. Quanto mais baixo for o número, menor a porosidade (menos sucessível a manchas) e maior a resistência mecânica e à abrasão.

Para áreas molhadas, além do índice de absorção de água, verifique também o coeficiente de atrito (presente na embalagem). A norma brasileira recomenda coeficiente maior ou igual que 0,4 em locais internos e superior a 0,8% em áreas externas.

Devido às suas propriedades, o porcelanato é recomendado para locais alto tráfego de pessoas e o rejunte na utilização desse material pode ser bem menos espesso. Isso não significa que o porcelanato é melhor em todos os casos.

Veja também:  Philipe Fonseca: Design com conceitos afro-brasileiros

Algumas cerâmicas possuem características artesanais e rústicas e, por isso, possuem o preço também bem elevado. Embora inferiores em relação as suas características de conservação, a cerâmica oferece a possibilidade de paginações interessantes, deixando a escolha do produto a cargo do gosto do cliente.

O bim.bon já publicou um guia completo sobre os tipos de argamassa existentes no mercado – clique aqui para ver. 

fotos Divulgação

Hometeka

loja online, blog e plugin para SketchUp | feito com ♥ em Belo Horizonte | ola@hometeka.com.br

Comentários

  1. nina almeida

    12/04/2016

    Duvida: Na materia esta dizendo q o porcelanato e mais resistente que a ceramica, mas pelo que eu andei lendo, o porcelanato risca facilmente ja a ceramica nao.. entao qual e a grande vantagem de se ter um porcelanato ao invez de ceramica?. Apesar de tanta resistencia logo logo tem-se que trocar o piso.

    1. Nadine Alves

      06/05/2016

      Olá, Nina!

      Respondemos sua pergunta com a ajuda de profissionais da área no Hometeka Responde. Acesse aqui para conferir: http://bit.ly/HomeResp

      Um abraço,

      Nadine Alves

  2. Hidelbrando

    20/01/2017

    Qual o tipo ideal para área interna e externa. Cerâmica ou porcelanato?
    Sala, copa, cozinha, banheiros e varandas externas?

Deixe um comentário