Muitas pessoas sabem que cuidar de plantas é uma atividade relaxante. O que sentir então se você precisa mudar de casa ou então o seu espaço é alugado? A solução não precisa ser abrir mão de suas plantas, mas sim fazer com que elas te acompanhem para onde você for.

Abaixo você confere várias maneiras de fazer com que seu jardim seja transportável, seja ele feito em um ambiente pequeno ou mesmo mais espaçoso.

Plantas em vasos

Utilizá-los é um dos modos mais fáceis de deixar suas plantas transportáveis. Um grande número de espécies podem ser plantadas em vasos. É importante usar terra adubada. Você pode comprar aqui, por R$ 14,58. Se atente também ao tipo de recipiente  que irá escolher. Se ele não suportar o peso e tamanho da árvore plantada, pode quebrar e te dar mais trabalho para replantar.

O inverso também deve ser feito: pesquise bem o quanto a planta que você pensa para aquele espaço cresce, para não ter problemas futuros. Além disso, o vaso precisa ter um bom sistema de irrigação. Se não for possível, crie uma rotina para se lembrar de irrigar sua planta.

Não esqueça de criar uma drenagem no pote com um pouco de cascalho na base. Veja algumas opções aqui. Além disso, instale um sistema de irrigação para se assegurar que a planta esteja recebendo a quantidade necessária de água. É bom que o fertilizante usado seja de lenta liberação, então procure um profissional que te indique bons produtos.

Plantas no solo

Esse processo exige um pouco mais de dedicação. Se você já sabe que seu jardim não será permanente, é preciso colocar a planta em um vaso de plástico e depois faça um buraco no solo que seja o dobro do tamanho do vaso e com uma profundidade de um terço a altura do recipiente. Faça uma manta com  material orgânico para cobrir o espaço. Esse processo garante que mesmo com a planta procurando por terra e água com suas raízes, estas não cresçam tanto e não fiquei difíceis de remover.

Quando for o momento de transportar a planta, pode ser necessário aparar um pouco as raízes, então corte até ter mais ou menos um terço do tamanho inicial. As raízes precisam ficar úmidas, então é recomendado usar cristais d’água. Alimente sua planta com um fertilizante de alga ou outro parecido, assim o choque do transplante é diminuído. Algumas plantas podem pedir por outros cuidados, então é sempre importante pedir dicas de um profissional.

Veja também:  Materiais que Aquecem

Plantas em cestas suspendidas

Plantas que são colocadas em cestas podem ser penduradas de vários lugares. Uma árvore, tela ou mesmo apenas uma barra de metal são alguns dos espaços imagináveis para esse tipo de plantação. Dê preferência para espécies com galhos leves e que caem, como samambaias. Irrigação é fundamental, bem como saber o ponto de crescimento da planta. Isso garante que a base na qual ela vai ficar aguentará o peso e o tamanho ao longo do tempo.

Plantas para ornamentação

Aqui, é imprescindível pensar em qual ponto a planta ficará, ainda mais se for uma escultura ou ornamentação. Algumas dessas peças podem ser muito grandes, o que é bom se você deseja que ela seja o ponto principal do espaço em que está posta. Caso contrário, dê preferência para uma ornamentação que seja grande, mas que converse com outras características do ambiente. A compra de uma escultura de planta facilita no transporte e pode te acompanhar por muito tempo.

Se o seu espaço é maior, você tem ainda mais opções para incrementar seu jardim. Confira:

Paredes verdes

Existem estruturas em formato de parede que são feito de plantas e permitem o transporte. Elas são diferentes de trepadeiras, que crescem sobre a superfície, ou pingos de ouro, que são facilmente recortados para receberam formas específicas. Esse tipo de plantação exige o abastecimento regular de água e manutenção frequente.

Telas

Telas são estruturas que deixam a área do seu jardim ainda mais única. Vários materiais podem ser usados, como madeira e metal. Elas funcionam quando se deseja ocupar o espaço sem necessariamente usar plantas. Há várias formas e padrões disponíveis no mercado. A montagem de uma tela que utiliza fechos removíveis, por exemplo, não dificulta em nada o transporte dela para quando você mudar.

Móveis

Se o seu jardim é espaçoso ou se você deseja passar um tempo relaxando no meio das plantas, é bom pensar em móveis para ocuparem o espaço. Não é necessário manter toda a mobília em tons terrosos ou mesmo feitos de madeira. Utilize-as para dar mais cor ao ambiente, bem como acrescentar texturas. Cadeiras e almofadas são as mais recomendadas.

Chafarizes/cascatas/fontes

Chafarizes e fontes podem acrescentar elegância e também diversão ao espaço. Há muitas opções no mercado e você pode escolher uma estética moderna ou contemporânea para o ambiente. A estrutura pode estar no centro do jardim ou mesmo em algum canto especial.

imagens via Veles Group, Smithsonian, Deavita, P.R.I.S.M. Office DesignConnollys, Backyard Ideas e PondWorks.